Capítulo 13. O Que Fazer e Não Fazer

Índice
13.1. Introdução
13.2. WRKDIR
13.3. WRKDIRPREFIX
13.4. Diferenciando Sistemas Operacionais e Versões de OS
13.5. Escrevendo Algo Depois do bsd.port.mk
13.6. Uso de Declarações exec em Wrapper Scripts
13.7. Faça as Coisas Racionalmente
13.8. Respeite Ambos CC e CXX
13.9. Respeite CFLAGS
13.10. Logs de Compilação Detalhados
13.11. Feedback
13.12. README.html
13.13. Marcando um Port não Instalável com a variável BROKEN, FORBIDDEN ou IGNORE
13.14. Considerações Arquitetônicas
13.15. Marcando um Port para Remoção com DEPRECATED ou EXPIRATION_DATE
13.16. Evite o Uso do Construtor .error
13.17. Uso de sysctl
13.18. Atualizando Distfiles
13.19. Uso de Padrões POSIX
13.20. Miscelânea

13.1. Introdução

Aqui está uma lista comum de o que fazer ou não, encontrada durante o processo de portabilidade. Verifique o port com relação a essa lista, mas também verifique os ports no banco de dados de PR's que outros enviaram. Envie quaisquer comentários sobre os ports, conforme descrito em Relatórios de Bugs e Comentários Gerais. Verificar os ports no banco de dados de PR's irá tornar o processo mais rápido para que possamos fazer o seu commit e para provar que você sabe o que está fazendo.

All FreeBSD documents are available for download at https://download.freebsd.org/ftp/doc/

Questions that are not answered by the documentation may be sent to <freebsd-questions@FreeBSD.org>.
Send questions about this document to <freebsd-doc@FreeBSD.org>.