3.4. Voltando para o SGML

Como mencionado anteriormente, o SGML é utilizado somente quando escrevemos um DTD. Isto não é estritamente verdade. Existem certas sintaxes SGML as quais você poderá desejar utilizar com os seus documentos. Por exemplo, você pode incluir comentários no seu documento, e eles serão ignorados pelo interpretador. Os comentários são adicionados utilizando sintaxe SGML. Outros usos para a sintaxe SGML no seu documento serão mostrados mais tarde.

Obviamente, você precisa indicar de alguma forma ao processador SGML que o conteúdo seguinte não se trata de elementos do documento, mas sim de SGML sobre o qual o interpretador deve atuar.

Estas sessões são marcadas no seu documento com <! ... >. Tudo entre estes delimitadores é sintaxe SGML tal como você pode encontrar dentro de um DTD.

Como você pode perceber, a declaração DOCTYPE é um exemplo de sintaxe SGML a qual você precisa incluir no seu documento.

Este, e outros documentos, podem ser obtidos em ftp://ftp.FreeBSD.org/pub/FreeBSD/doc/

Para perguntas sobre FreeBSD, leia a documentação antes de contatar <questions@FreeBSD.org>.

Para perguntas sobre esta documentação, envie e-mail para <doc@FreeBSD.org>.