3. Explorando

Ao entrar como um usuário comum, explore e tente alguns comandos que irão acessar as fontes de ajuda e informação do FreeBSD.

Aqui estão alguns comandos e o que eles fazem:

id

Diz quem você é!

pwd

Mostra onde você está — o diretório corrente de trabalho

ls

Lista os arquivos no diretório corrente.

ls -F

Lista os arquivos no diretório corrente com um * depois de arquivos executáveis, um / depois de diretórios, e um @ depois de links simbólicos.

ls -l

Lista os arquivos com detalhes — tamanho, data, e permissões.

ls -a

Lista os arquivos ocultos, que iniciam com ponto, com os outros. Se você está como root, os arquivos ocultos, que iniciam com ponto, são mostrados sem a necessidade da opção -a.

cd

Muda o diretório corrente. cd .. sobe um nível com relação ao diretório atual; note o espaço depois do cd. cd /usr/local entra no diretório especificado. cd ~ entra no diretório home do usuário logado — e.g., /usr/home/jack. Tente cd /cdrom, e execute ls, para descobrir se seu CDROM está montado e funcionando.

view filename

Permite que você visualize um arquivo (chamado filename) sem modificar seu conteúdo. Tente view /etc/fstab. Escreva :q para sair.

cat filename

Mostra o conteúdo de filename na tela. Se ele é muito longo e você só consegue ver o final do arquivo, pressione ScrollLock e use up-arrow para navegar até o topo do arquivo; você pode usar ScrollLock também com páginas de manual. Pressione ScrollLock novamente para interromper o rolamento de conteúdo. Você pode querer experimentar o cat em alguns arquivos ocultos no seu diretório homecat .cshrc, cat .login, cat .profile.

Você vai encontrar aliases em seu .cshrc para alguns comandos ls (estes são muito convenientes). Você pode criar outros aliases editando .cshrc. Você pode criar aliases disponíveis para todos os usuários colocando-os no arquivo de configuração principal do csh o qual afeta todo o sistema, o /etc/csh.cshrc.

Este, e outros documentos, podem ser obtidos em ftp://ftp.FreeBSD.org/pub/FreeBSD/doc/

Para perguntas sobre FreeBSD, leia a documentação antes de contatar <questions@FreeBSD.org>.

Para perguntas sobre esta documentação, envie e-mail para <doc@FreeBSD.org>.