3. Por quê o BSD não é mais conhecido?

Por algumas razões, o BSD é relativamente desconhecido:

  1. Os desenvolvedores do BSD estão frequentemente mais interessados em aprimorar seu código do que fazer propaganda dele.

  2. A maior parte da popularidade do Linux se deve a fatores externos ao projeto Linux, como a imprensa, e companhias criadas para oferecer serviços em Linux. Até recentemente, os BSDs open source não contavam com tais proponentes.

  3. Os desenvolvedores BSD tendem a ser mais experientes do que desenvolvedores Linux, e tem menos interesse em tornar o sistema fácil de utilizar. Novatos tendem a se sentir mais confortáveis com Linux.

  4. Em 1992, a AT&T processou a BSDI, vendedora do BSD/386, alegando que o produto continha código proprietário da AT&T. O caso foi resolvido na corte, em 1994, mas os aspectos da litigação continuam perseguindo as pessoas. Em Março de 2000 um artigo publicado na rede afirmou que o caso havia sido resolvido recentemente.

    Um detalhe que o processo judicial clarificou foi sobre a denominação: nos anos 80, os BSD eram conhecidos como BSD UNIX®. Com a eliminação do último vestígio de código da AT&T no BSD, ele também perdeu o direito de ser chamado de UNIX® Contudo ainda podem ser vistas referências em títulos de livros como the 4.3BSD UNIX® operating system e the 4.4BSD operating system.

  5. Existe uma idéia que os projetos BSD sejam fragmentados e beligerantes. O Wall Street Journal falou de balkanização nos projetos BSD. Assim como o processo judicial, essas idéias se baseiam fundamentalmente em história antiga.

Este, e outros documentos, podem ser obtidos em ftp://ftp.FreeBSD.org/pub/FreeBSD/doc/

Para perguntas sobre FreeBSD, leia a documentação antes de contatar <questions@FreeBSD.org>.

Para perguntas sobre esta documentação, envie e-mail para <doc@FreeBSD.org>.