6. Localizando e corrigindo um port quebrado.

Existem dois lugares muito bons nos quais você pode encontrar ports que precisam de alguma atenção.

Você pode utilizar a interface web do banco de dados dos Relatórios de Problema para pesquisar e visualizar os PRs não resolvidos. A maioria dos PRs da categoria ports são referentes a atualizações, mas com um pouco de pesquisa e leitura das sinopses você deverá ser capaz de encontrar algo interessante para trabalhar (a classe sw-bug é um bom ponto de partida).

O outro lugar é o Sistema de Monitoração de Ports do FreeBSD. Em especial, procure por ports sem manutenção e com erros de compilação e por ports que estejam marcados como BROKEN (quebrados). É OK enviar alterações para um port que está sendo mantido, mas lembre-se de consultar primeiro o mantenedor para o caso dele já estar trabalhando na solução do problema.

Depois que você tiver encontrado um bug ou problema, colete informações, investigue e conserte! Se existir já um PR, envie um followup. Caso contrário, crie um novo PR. Suas alterações serão revisadas e se tudo estiver OK, serão processadas e incorporadas.

Este, e outros documentos, podem ser obtidos em ftp://ftp.FreeBSD.org/pub/FreeBSD/doc/

Para perguntas sobre FreeBSD, leia a documentação antes de contatar <questions@FreeBSD.org>.

Para perguntas sobre esta documentação, envie e-mail para <doc@FreeBSD.org>.